Uma breve viagem no tempo com PÃO

Pão,  é uma parte básica da nossa dieta. Nós comemos diariamente. Uma cesta de pão sobre a mesa é um acompanhamento regular para muitas refeições. Nós imploramos a Deus: “Dá-nos hoje o nosso pão diário” – e nós o damos por certo.

As pessoas têm cozido pão por milênios, e os padeiros foram um dos primeiros artesãos conhecidos. Os seres humanos aprenderam a usar pedras para esmagar grãos na Idade da Pedra. Mais tarde, a agricultura de grãos foi o principal ímpeto que levou as pessoas a se estabelecerem em comunidades. Receitas mais velhas de pão são encontradas em tabuletas sumérias antigas. Pedaços de pão foram encontrados em antigas tumbas egípcias que datam de 5.000 anos; Alguns estão em exposição no museu britânico. Os pães fermentados,  tornaram-se populares na Roma antiga, e em 168 AC foi formado o primeira guilda (grupo de comerciantes que controlam a prática de seu ofício em uma cidade particular) de mestres  padeiros.

Até o século 20, pães eram misturados e moldados à mão, em seguida, cozidos pelo cozinheiro caseiro ou padeiro profissional. Os padeiros misturavam farinha integral  com fermento e água, fermentavam a massa, modelavam os pães e cozinhavem em pequenas padarias comunitárias. Em muitos países, as pessoas iam para a padaria na vizinhança todas as manhãs para comprar pães frescos e quentes e pãezinhos para o café da manhã. Quando feito com grãos inteiros, o pão é um alimento nutritivo que fornece energia para as atividades do dia e fornece ao corpo fibras, vitaminas B, minerais e outros nutrientes importantes.

No final do século 19, grandes centros urbanos viram a ascensão de grandes padarias comerciais. Em 1921 uma empresa em Indianápolis nos Estados Unidos desenvolveu o ‘Wonder Bread’, um pão extra-macio que eliminou os grandes buracos de ar (Pão de Forma). Em 1930, a Continental (que tinha comprado Taggart) introduziu os primeiros pães fatiados, e logo 80% do pão vendido nos EUA era fatiado e embrulhado. Até hoje, a frase “a melhor coisa desde pão fatiado” reflete a popularidade gerada por tal conveniência.

Os pães comerciais são feitos com farinha altamente refinada branqueada e bromadas que é despojada de suas vitaminas e minerais e, é  tratada com uma variedade de amaciadores e conservantes. Moinhos modernos moem grãos com altas velocidades em temperaturas de até 200ºC destruindo importantes vitaminas e nutrientes. Em 1941 o governo americano, em um esforço para melhorar a nutrição, obrigou o enriquecimento do pão branco com 8 vitaminas e minerais essenciais – tentando restaurar as vitaminas e minerais que foram eliminados na transformação da farinha. Ao longo do tempo a FDA aprovou 30 produtos químicos para a adição ao pão – mais para estender a vida útil, de modo que hoje o rótulo em um filão comercial mais parece como uma fábrica de produtos químicos. Em contraste, grãos integrais – carboidratos complexos que contêm o germe e o farelo, não apenas o endosperma – podem reduzir o risco de doenças cardíacas, obesidade, diabetes, constipação, bem como o risco de desenvolver cânceres do estômago e do cólon.

A popularidade do pão fatiado comercial barato foi o responsável pelo desaparecimento de pequenas padarias locais. Logo as pessoas esqueceram o que o bom pão deve ter gosto. A arte do padeiro com suas habilidades ancestrais foi perdida. Mesmo com o enriquecimento artificial, a tecnologia moderna transformou um produto simples, nutritivo-denso, delicioso em uma bola de amido sem gosto desprovido de sua naturalidade  deliciosa. A maioria dos americanos hoje ainda compra quadrados, almofadas macia, em fatias, pães uniforme envolto em plástico.

A arte de fazer pão está está sendo resgatada. Pão pode ser facilmente e simplesmente feito em casa com apenas quatro ingredientes básicos: farinha, água, Fermento e sal. As técnicas para fazer pão não são difíceis de dominar. Fatores importantes incluem tempo, temperatura e umidade.

 

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *